top of page

Paraibuna Embalagens promove oficinas no Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência

Empresa promoveu capacitação profissional que envolveu preparação para entrevista de emprego e elaboração de currículo. A Paraibuna Embalagens marcou presença no evento que marcou o Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência, em 21 de setembro. Promovida pela Prefeitura de Juiz de Fora, a iniciativa teve o objetivo de conscientizar sobre a importância de criar oportunidades para a inclusão de pessoas com deficiência em vários setores da sociedade, incluindo o mercado de trabalho.



14/11/2023 - A Paraibuna Embalagens marcou presença no evento que marcou o Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência, em 21 de setembro. Promovida pela Prefeitura de Juiz de Fora, a iniciativa teve o objetivo de conscientizar sobre a importância de criar oportunidades para a inclusão de pessoas com deficiência em vários setores da sociedade, incluindo o mercado de trabalho.


Além de cadastrar e receber currículos, a empresa ofereceu oficinas de capacitação profissional para o público PCD que envolveram a preparação para a entrevista de emprego e a elaboração de um bom currículo.


O analista de Recursos Humanos da Paraibuna Embalagens, Wellington Ribeiro, foi o responsável por ministrar as oficinas. “Muitas vezes, o currículo que chega na empresa não tem referência profissional e nem dados pessoais. Isso dificulta muito na hora de fazer o recrutamento. Às vezes, identificamos um potencial, mas não conseguimos fazer contato com a pessoa”, explica o analista.


“Por isso, a primeira coisa que deve constar no currículo são os dados pessoais, como nome, telefone e endereço. É muito importante que haja também um resumo profissional e habilidades para o trabalho, além da experiência profissional”, completa Wellington.


Antônio Neves de Campos, que tem baixa visão, está em busca de uma oportunidade profissional. Ele cadastrou o currículo na Paraibuna Embalagens e ainda participou da oficina. “Esse evento é uma ótima oportunidade para quem está em busca de uma recolocação no mercado de trabalho. A oficina também foi interessante para nos ajudar a montar um currículo corretamente e a fazer com que tenhamos mais oportunidades”.


Assim como Antônio, Marcelina do Nascimento, também participou do evento para conseguir uma boa oportunidade. Com paralisia cerebral congênita, ela é paratleta de Jiu-Jitsu e afirma que a limitação da deficiência não impede o desenvolvimento para o mercado de trabalho, assim como para constituir família e ter autonomia e independência.


“Acho que é de extrema importância esse evento para que a pessoa com deficiência, seus familiares e amigos recebam descrições e orientações de como proceder para esse processo de inclusão e inserção no mercado de trabalho. É fundamental ter o conhecimento para fazer o processo certo”, observa Marcelina.


A analista de comunicação e marketing da Paraibuna Embalagens, Ledislaine Assis, explica que participar de eventos como esse é uma oportunidade para levar mais diversidade e desenvolvimento a toda empresa e também oferecer oportunidade a quem precisa.


“O Wellington ministrou a palestra para mostrar como desenvolver um currículo, como se portar numa entrevista. Muitos nunca participaram de uma entrevista. A Paraibuna é uma empresa cada vez mais diversa, mais inclusiva, tem profissionais de todas as idades, de todas as raças, com ou sem deficiência. Queremos realmente incluir. Por isso, fazer parte de eventos como esse demonstra o nosso jeito de ser. Também mostra que a gente busca a cada dia mais profissionais diversos”, conclui a analista.



Fonte: Paraibuna Embalagens

bottom of page