top of page

Desafios tributários e excesso de estoques ameaçam reciclagem de papéis no Brasil



Pedro Villas Boas, diretor geral da Anguti e ex-presidente da Anap, analisou os desafios enfrentados pelo setor de reciclagem de papéis diante do excesso de estoques e dos entraves tributários


02/05/2024 - A indústria brasileira de reciclagem de papel enfrenta uma crise profunda, caracterizada por um excesso de estoques e pela complicada paisagem tributária. Em uma conversa esclarecedora conduzida no Talk Packaging, Felipe Quintino, CEO do Nexum Group, dialogou com Pedro Villas Boas, diretor geral da Anguti e ex-presidente da Anap, cuja experiência de décadas no setor ofereceu uma visão aprofundada do cenário atual.


Villas Boas identificou que o mercado de aparas, especialmente as de embalagem, é fundamental para a reciclagem de papel no país, destacando: “O mercado de aparas, para uma análise precisa, deve ser dividido em três categorias distintas: aparas marrons, de embalagem – que representam 85% de todo o consumo de aparas – e as brancas. O mercado de aparas de embalagem, principalmente caixas de papelão, está enfrentando um grande impacto devido à entrada em operação de grandes unidades produtoras de papel de fibra virgem”.


O aumento significativo da capacidade de produção de papel de fibra virgem, com a entrada em operação de máquinas de empresas como a WestRock e a Klabin, resultou em um excesso de oferta, prejudicando a reciclagem. Villas Boas destacou que a Klabin teve que parar algumas de suas unidades de reciclagem devido à situação, contribuindo para a queda nos preços das aparas.


“Quando o preço cai, desestimula a coleta. Hoje, você pode ver caixas de papelão na calçada, sem serem coletadas. Isso infelizmente acaba indo para o lixo”, afirmou o executivo. Além disso, ele ressaltou os desafios tributários enfrentados pelo setor, especialmente em meio à reforma tributária em curso, que pode aumentar os impostos sobre produtos reciclados.


No entanto, há sinais de mudança no horizonte. Villas Boas observou um aumento na demanda por aparas recentemente, o que pode indicar uma possível reversão do cenário atual. Com o crescimento contínuo da indústria de embalagens e o aumento das vendas no varejo, espera-se um incremento na demanda por papel reciclado.


Apesar disso, o entrevistado levantou preocupações sobre a dependência do mercado nacional de importações de papel cartão, o que afeta negativamente os preços das aparas e a indústria nacional. Ele enfatizou a necessidade de encontrar novos usos para os papéis reciclados e buscar soluções em colaboração com os usuários de embalagens.


Assista a entrevista na íntegra:



Fonte: Portal Packaging

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page