top of page

Paraibuna Embalagens destaca a importância de cuidar da saúde mental

A empresa aderiu à campanha do Janeiro Branco, e promoveu palestras nas duas unidades fabris, para alertar colaboradores sobre a relevância do tema. Denominada “Janeiro Branco”, a campanha que visa alertar para os cuidados com a saúde mental e a saúde emocional, a partir da prevenção de doenças e síndromes, como depressão, ansiedade e pânico, foi adotada pela Paraibuna Embalagens. O primeiro mês do ano foi escolhido para o movimento, porque inspira as pessoas a fazerem reflexões acerca de suas vidas, de suas relações, do que já viveram e dos objetivos que desejam alcançar. Janeiro é uma espécie de portal entre ciclos que se fecham e ciclos que se abrem nas vidas de todos nós.



08/02/2024 - Denominada “Janeiro Branco”, a campanha que visa alertar para os cuidados com a saúde mental e a saúde emocional, a partir da prevenção de doenças e síndromes, como depressão, ansiedade e pânico, foi adotada pela Paraibuna Embalagens. O primeiro mês do ano foi escolhido para o movimento, porque inspira as pessoas a fazerem reflexões acerca de suas vidas, de suas relações, do que já viveram e dos objetivos que desejam alcançar. Janeiro é uma espécie de portal entre ciclos que se fecham e ciclos que se abrem nas vidas de todos nós, argumenta o Instituto Janeiro Branco, responsável pela iniciativa.


A cor branca por sua vez representa “folhas ou telas em branco” sobre as quais é possível projetar, escrever ou desenhar expectativas, desejos, histórias ou mudanças que podem se concretizar.

Instituto Janeiro Branco


A cor branca por sua vez representa “folhas ou telas em branco” sobre as quais é possível projetar, escrever ou desenhar expectativas, desejos, histórias ou mudanças que podem se concretizar. De acordo os dados do último mapeamento sobre a depressão, que é uma das doenças relacionadas à saúde mental, realizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), 5,8% da população brasileira sofre com a enfermidade. O percentual equivale a 11,7 milhões de brasileiros.


Consciente de sua missão no respeito a vida, a Paraibuna Embalagens promoveu palestras nas duas unidades fabris (Juiz de Fora e Sapucaia) sobre a relevância do cuidado com a saúde mental.


A enfermeira Assistencial do Espaço Vita Unidade Centro, Débora dos Santos, responsável por conduzir o tema na unidade de Juiz de Fora, afirmou que ações de conscientização em saúde nos locais de trabalho são cruciais para fomentar um ambiente que valoriza a saúde dos seus colaboradores. Ao promover o diálogo sobre questões emocionais, a Paraibuna Embalagens demonstra compromisso com o bem-estar dos colaboradores, fortalecendo o senso de comunidade e contribuindo para um ambiente mais saudável e produtivo.


“A campanha Janeiro Branco busca conscientizar sobre a relevância da saúde mental, promovendo a reflexão, por meio de ações direcionadas ao bem-estar psicológico. Neste encontro com os colaboradores da Paraibuna, abordarmos de maneira dinâmica a importância das emoções e discutimos como é essencial cuidar da saúde mental tão atentamente quanto cuidamos da saúde física”, disse.


Além disso, Débora observou que saúde mental se refere ao estado emocional, psicológico e social equilibrado de uma pessoa. Envolve a capacidade de lidar com o estresse, manter relacionamentos saudáveis e tomar decisões conscientes. “Cuidar da saúde mental é fundamental para o bem-estar geral, impactando a qualidade de vida e a resiliência diante dos desafios cotidianos”.


Em Sapucaia, quem conversou com os colaboradores foi o terapeuta Arthur Ferreira Paiva. Para ele, falar sobre o tema com os colaboradores foi uma oportunidade incrível para que mais pessoas aprendessem e compartilhassem sobre a importância de cuidar da mente.

Estar com a saúde mental em dia é essencial para conseguirmos seguir adiante de uma maneira mais leve e mais tranquila. É importante os colaboradores se envolverem e se conscientizarem da importância de cuidar da saúde mental, porque 90% dos problemas que vivemos no ambiente de trabalho começam fora dele. Na maioria das vezes, já chegamos para trabalhar com uma carga emocional muito pesada

Arthur Ferreira Paiva - Terapeuta



Fonte: Paraibuna Embalagens


bottom of page