top of page

Confiança do industrial mineiro é a menor para janeiro em seis anos

A confiança do empresário do setor da indústria em Minas não está muito fortalecida neste início de ano. A incerteza com relação à política econômica do novo governo impactou na medição do Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei), feito pela Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg). O índice ficou em 50 pontos em janeiro - fronteira entre falta de confiança e confiança -, revelando neutralidade dos industriais mineiros. Esse é o pior resultado para um mês de janeiro em seis anos.


Índice marca 50 pontos no mês, revelando neutralidade, e incerteza quanto ao novo governo influencia no resultado (Arquivo/Amanda Oliveira/GovBA)


Da Redação


19/01/2023 - A confiança do empresário do setor da indústria em Minas não está muito fortalecida neste início de ano. A incerteza com relação à política econômica do novo governo impactou na medição do Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei), feito pela Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg).


O índice ficou em 50 pontos em janeiro - fronteira entre falta de confiança e confiança -, revelando neutralidade dos industriais mineiros. Esse é o pior resultado para um mês de janeiro em seis anos.


Além da incerteza com relação à política econômica do novo governo, impactou na percepção dos empresários o cenário fiscal para os próximos meses, na avaliação da economista Daniela Muniz, da Gerência de Economia e Finanças da Fiemg.


O Icei mineiro ficou 2,9 pontos abaixo da média histórica mensal (52,9 pontos) e foi 7 pontos inferior ao verificado em janeiro de 2022 (57 pontos). O Icei do Brasil registrou 48,6 pontos em janeiro, queda de 2,2 pontos na comparação com dezembro (50,8 pontos).


Fonte: Hoje em Dia


bottom of page