top of page

Papel higiênico tem alta de mais de 9% em novembro, diz Procon-SP

De acordo com o levantamento, o produto teve um dos maiores aumentos de preço registrados no mês. Uma pesquisa recente, realizada pelo Núcleo de Inteligência e Pesquisas do Procon-SP em parceria com o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), identificou um aumento de 0,71% no valor da cesta básica paulistana. De acordo com o levantamento, o preço médio da cesta básica, que era de R$ 1.241,36 em outubro, passou a custar R$ 1.250,16 em novembro.


27/12/2022 - Uma pesquisa recente, realizada pelo Núcleo de Inteligência e Pesquisas do Procon-SP em parceria com o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), identificou um aumento de 0,71% no valor da cesta básica paulistana.


De acordo com o levantamento, o preço médio da cesta básica, que era de R$ 1.241,36 em outubro, passou a custar R$ 1.250,16 em novembro.


Dentre 39 itens pesquisados, na variação mensal, o papel higiênico foi um dos produtos que mais subiram em novembro deste ano.


O custo médio do papel higiênico registrou alta de 9,64%, se comparado com o mês anterior. O produto custava em média R$ 6,12, em outubro e, em novembro, passou a ser vendido por R$ 6,71.


A pesquisa registrou, ainda, um aumento de 12,78% no preço médio da cesta básica na capital paulista em comparação ao mesmo período do ano anterior, quando a média de preço era de R$ 1.108,50.


Fonte: Tissue Online

ความคิดเห็น


bottom of page