top of page

Indicador antecedente de emprego do Brasil tem recuperação em fevereiro

A inversão para uma trajetória sustentável dependerá da melhora do quadro macroeconômico e da evolução positivas das atividades setoriais. O Indicador Antecedente de Emprego do Brasil avançou 0,8 ponto em fevereiro, a 74,7 pontos, compensando queda que havia sido registrada em janeiro, mostraram dados divulgados nesta terça-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV). O IAEmp, que antecipa os rumos do mercado de trabalho no Brasil, havia recuado 0,8 ponto no mês anterior. Apesar da recuperação do terreno perdido, o índice segue em níveis historicamente baixos, segundo a FGV.


Apesar da recuperação do terreno perdido, o índice segue em níveis

historicamente baixos | Crédito: REUTERS/Amanda Perobelli


Por Reuters


07/03/2023 - O Indicador Antecedente de Emprego do Brasil avançou 0,8 ponto em fevereiro, a 74,7 pontos, compensando queda que havia sido registrada em janeiro, mostraram dados divulgados nesta terça-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV).


O IAEmp, que antecipa os rumos do mercado de trabalho no Brasil, havia recuado 0,8 ponto no mês anterior. Apesar da recuperação do terreno perdido, o índice segue em níveis historicamente baixos, segundo a FGV.


“As expectativas de desaceleração econômica do ano têm impactado o ímpeto de contratação de pessoal ocupado das empresas, impedindo que o IAEmp volte a ganhar fôlego em 2023”, explicou Anna Carolina Gouveia, economista do FGV IBRE.


“A inversão para uma trajetória positiva e sustentável nos próximos meses dependerá da melhora do quadro macroeconômico e da evolução positivas das atividades setoriais”.


Fonte: Diário do Comércio

bottom of page