Unidade de Juiz de Fora também tem novos Brigadistas

Três dias de treinamento com muita prática que garantiram a formação de 42 pessoas, de diferentes áreas, da unidade Juiz de Fora, da Paraibuna Embalagens, como Brigadistas de Incêndio. Mais do que seguir o que determina a legislação, para a Paraibuna Embalagens, ter uma brigada é enfatizar um de seus valores "Respeite a Vida". A capacitação foi dada pela empresa Miranda Treinamentos e Serviços, credenciada pelo Corpo de Bombeiros para dar esse tipo de curso de formação para brigadistas e também contou com a participação ativa da equipe do Setor de Segurança do Trabalho. Márcia Leite, Técnica de Segurança do Trabalho, ressaltou o engajamento de todos os participantes que se candidataram de forma voluntária para estar nessa nova formação da brigada.



03/08/2021 - Três dias de treinamento com muita prática que garantiram a formação de 42 pessoas, de diferentes áreas, da unidade Juiz de Fora, da Paraibuna Embalagens, como Brigadistas de Incêndio. Mais do que seguir o que determina a legislação, para a Paraibuna Embalagens, ter uma brigada é enfatizar um de seus valores "Respeite a Vida".


A capacitação foi dada pela empresa Miranda Treinamentos e Serviços, credenciada pelo Corpo de Bombeiros para dar esse tipo de curso de formação para brigadistas e também contou com a participação ativa da equipe do Setor de Segurança do Trabalho. Márcia Leite, Técnica de Segurança do Trabalho, ressaltou o engajamento de todos os participantes que se candidataram de forma voluntária para estar nessa nova formação da brigada. “O que eu já percebi dessa turma, com pessoas de vários setores é que elas quiseram participar para realmente estar junto, para contribuírem ainda mais para a empresa, cuidando do patrimônio e do ambiente de trabalho. Vejo uma equipe muito engajada, que vivencia diariamente o nosso valor Seja Parte do Time”, disse.


Além da função de atuar em caso de incêndio, a brigada em uma empresa tem como papel relevante, também, a prevenção, cuidando e zelando para que pontos e ações que possam ser prejudiciais às pessoas e ao ambiente sejam evitados e corrigidos. Felipe Alves, Operador de Logística, se candidatou para contribuir ainda mais com esse trabalho que ele já desenvolvia por causa da atuação em vários setores. “No meu cargo eu me relaciono com vários setores, rodo a fábrica inteira e sempre contribui observando e reportando situações que poderiam ser um risco, mas não fazia parte da brigada. Então, resolvi me inscrever para poder atuar mais, de forma mais coordenada e contribuir com a equipe”, afirmou.


Já Lidiane Namorado, do setor de Gestão de Pessoas, disse que fez o curso para motivar as pessoas. “Somos um setor participativo, acredito que devemos participar de todas as ações como forma de inspirar e motivar todo o time da Paraibuna Embalagens. Foi uma experiência nova, onde aprendi sobre o quanto podemos ser úteis fora da nossa área. Entendo que ser brigadista é se colocar no lugar do outro, buscando as práticas mais seguras e ágeis no momento de necessidade”, disse.


A Paraibuna Embalagens, pelo tamanho e tipo de atuação, sempre teve a equipe da brigada de incêndio como determina a legislação. Essa nova turma vem para somar, renovar e reafirmar os compromissos e a importância de ter uma brigada. “A gente procura melhorar a cada ano. A ideia é que consigamos manter os brigadistas, até porque temos outros treinamentos internos e simulados que fazem com que a equipe seja capacitada constantemente. Partindo do pressuposto de que a gente não tenha nenhuma ocorrência, nós precisamos simular alguns cenários para que, quando ocorrer algum problema, a brigada aja com cautela, agilidade e, sobretudo, com responsabilidade”, afirmou Alex Gomes, Engenheiro de Segurança do Trabalho.


Fonte: Paraibuna Embalagens