Trocas inteligentes: Geração Saúde apresenta estande com dicas de alimentação saudável

Atividades aconteceram nas duas sedes da Paraibuna Embalagens e estimularam escolhas conscientes de alimentos. Suco de saquinho ou suco natural? Pão francês comum ou pão integral? Cereal ou granola? Essas foram algumas das opções que os colaboradores da Paraibuna Embalagens tiveram de fazer em ação do Programa GerAção Saúde nas unidades de Juiz de Fora e de Sapucaia. O estande “Trocas Inteligentes” teve apoio da Universidade Salgado de Oliveira (Universo) na sede juiz-forana e foi realizada pela nutricionista e colaboradora Juliana Oliveira na unidade fluminense, movimentando a empresa nos últimos dias 13 e 5 de maio para alertar sobre a importância de realizar escolhas saudáveis na alimentação do dia a dia.


Fotos: Paraibuna Embalagens


02/06/2022 - Suco de saquinho ou suco natural? Pão francês comum ou pão integral? Cereal ou granola? Essas foram algumas das opções que os colaboradores da Paraibuna Embalagens tiveram de fazer em ação do Programa GerAção Saúde nas unidades de Juiz de Fora e de Sapucaia. O estande “Trocas Inteligentes” teve apoio da Universidade Salgado de Oliveira (Universo) na sede juiz-forana e foi realizada pela nutricionista e colaboradora Juliana Oliveira na unidade fluminense, movimentando a empresa nos últimos dias 13 e 5 de maio para alertar sobre a importância de realizar escolhas saudáveis na alimentação do dia a dia.


A ideia apresentada por um estande foi simples: e se você puder trocar os alimentos feitos com ingredientes prejudiciais para a saúde por outros com melhor composição? Ou, ainda, e se for possível escolher itens naturais em detrimento a produtos industrializados? A atividade estimulou os colaboradores a realizarem escolhas entre diversos alimentos comuns do cotidiano e apontarem os mais saudáveis. Entre itens parecidos, como aqueles citados no início desta matéria, foram indicados pelos nutricionistas da Universo quais eram as “escolhas inteligentes” e o motivo para isso.


A nutricionista Julia Carneiro participou da atividade na unidade de Juiz de Fora. Além da atividade das escolhas, também foi montada uma mesa para expor a quantidade de açúcares presente em itens consumidos com frequência, como o refrigerante. “Nós colocamos alguns potinhos de açúcares. Se o funcionário bebe muito refrigerante, nós mostramos quanto de açúcar há dentro daquela latinha, para ficar bem visual”, explica. “Foi uma ação bem interessante porque, enquanto nutricionistas, estamos muito acostumados com essa quantidade de açúcares. Mas, para a população em geral, aquilo assusta. Os colaboradores ficaram muito interessados e vieram perguntar como poderiam trocar os produtos consumidos”, conta Julia.


Nas duas sedes, ainda foram sorteados brindes entre os colaboradores que toparam o desafio. Itens como uma camisa do Programa GerAÇÃO Saúde e uma cesta de alimentos orgânicos foram incluídos entre o sorteio. A técnica de segurança do trabalho da unidade juiz-forana Márcia Leite aprendeu sobre as escolhas saudáveis e, ao final da atividade, ainda foi sorteada com a cesta. Ela apontou como importante as explicações apresentadas durante a ação. “Os nutricionistas foram bem esclarecedores, tiraram muitas dúvidas. Eles mostraram quais são as possibilidades de troca e como nós, às vezes, achamos que estamos nos alimentando certo mas, na verdade, estamos fazendo escolhas erradas”.


Ação em Sapucaia também tira dúvidas

Na unidade de Sapucaia, quem coordenou a iniciativa foi Juliana Melo, integrante do setor de facilities da empresa e apoiadora do GerAção Saúde. A dinâmica funcionou da mesma maneira que em Juiz de Fora, com uma interação com os colaboradores sobre as substituições saudáveis e com uma mesa expositora demonstrando visualmente a quantidade de açúcares presentes em diversos produtos. Também foram tiradas dúvidas a respeito do tema, de modo geral, assim como foi feita a orientação sobre como se fazer a leitura da tabela nutricional que cada produto carrega consigo.


“O objetivo do projeto é a conscientização sobre os hábitos saudáveis. Queremos conscientizar os colaboradores sobre alimentação saudável e o quanto essa substituição é fácil”, explica Juliana. “A alimentação faz diferença e é fundamental ter conhecimento sobre o que ingerimos”, alerta.


A ação foi acompanhada atentamente pela estoquista Kennya Rodrigues. Para ela, a alimentação correta pode, até mesmo, auxiliar a ter mais energia para as tarefas profissionais e pessoais. “Uma boa alimentação nos leva a ter mais energia para enfrentar o dia a dia, seja na empresa ou em casa. Trazer essa ação nos traz uma perspectiva e uma visão ampliada sobre o que consumimos diariamente”, avalia.


A assistente de facilities Fernanda Oliveira classificou como “muito interessante” a proposta das ações. “É bom trazer esse questionamento sobre os produtos, principalmente associando a itens que nós consumimos bastante, mostrando a importância de saber que, às vezes, não precisamos nos abster de algo. Podemos fazer uma troca por um outro alimento que seja bem parecido com aquele que queríamos e tenha uma composição melhor”, conta.



Fonte: Paraibuna Embalagens