Sondagem Industrial mostra avanço da produção e do emprego no Estado

Levantamento da FIEMG aponta o melhor desempenho para fevereiro em 11 anos. A Sondagem Industrial de Minas Gerais, apurada pela FIEMG, voltou a registrar aumento da produção em fevereiro deste ano, atingindo 50,7 pontos, depois de dois meses de queda. O indicador cresceu 9,9 pontos em relação a janeiro e 3,3 pontos na comparação com fevereiro de 2021, sendo o mais elevado para o mês em 11 anos. Em dezembro e janeiro, o grande volume de chuvas que atingiu o estado impactou de maneira negativa a atividade produtiva em ambos os meses, dificultando o deslocamento de trabalhadores e causou paralisações em linhas de produção de diversas empresas.



24/03/2022 - A Sondagem Industrial de Minas Gerais, apurada pela FIEMG, voltou a registrar aumento da produção em fevereiro deste ano, atingindo 50,7 pontos, depois de dois meses de queda. O indicador cresceu 9,9 pontos em relação a janeiro (40,8 pontos) e 3,3 pontos na comparação com fevereiro de 2021 (47,4 pontos), sendo o mais elevado para o mês em 11 anos.


Em dezembro e janeiro, o grande volume de chuvas que atingiu o estado impactou de maneira negativa a atividade produtiva em ambos os meses, dificultando o deslocamento de trabalhadores e causou paralisações em linhas de produção de diversas empresas.


O emprego também ultrapassou os 50 pontos – linha divisória entre recuo e crescimento –, expandindo para 51,3 pontos, elevando o número de empregados, após quatro meses de retração. O indicador foi 2,7 pontos superior ao observado em janeiro (48,6 pontos) e 0,4 ponto acima do apurado em fevereiro de 2021 (50,9 pontos).


Também a utilização da capacidade instalada, apesar de permanecer abaixo da usual para fevereiro, registrou melhora frente a janeiro, ficando acima da sua média histórica.


Confira a íntegra AQUI.


Fonte: FIEMG