Smurfit Kappa investe 11,5 milhões de euros em sustentabilidade em planta na Alemanha

A companhia concluiu a reformulação da caldeira multicombustível da unidade para fornecer uma fonte de combustível mais sustentável. A Smurfit Kappa concluiu um projeto de sustentabilidade em larga escala em sua fábrica de papel Zülpich, na Alemanha, para reduzir as emissões de CO2 da planta. Ao todo, a companhia investiu € 11,5 milhões na reformulação da caldeira multicombustível da unidade para fornecer uma fonte de combustível mais sustentável para a geração de vapor e eletricidade.



19/07/2022 - A Smurfit Kappa concluiu um projeto de sustentabilidade em larga escala em sua fábrica de papel Zülpich, na Alemanha, para reduzir as emissões de CO2 da planta. Ao todo, a companhia investiu € 11,5 milhões na reformulação da caldeira multicombustível da unidade para fornecer uma fonte de combustível mais sustentável para a geração de vapor e eletricidade.


Com produção anual de 500 mil toneladas de papel, a fábrica agora é alimentada por uma combinação de seu próprio biogás – que é um subproduto de sua estação de tratamento de água circular –, gás natural e materiais residuais, os chamados “rejeitos” que ocorrem no processo de reciclagem de papel.


A iniciativa reduz as emissões de CO2 na fábrica de papel de Zülpich em mais de 25% e economiza 55 mil toneladas de CO2 por ano, o que representa uma redução de 2% nas emissões globais de CO2 da Smurfit Kappa. No total, a empresa tem o objetivo de alcançar uma redução de 55% nas emissões de CO2 fóssil até 2030 e pelo menos zero emissões líquidas de CO2 até 2050. As metas de redução de emissões de 2030 da fabricante de embalagens foram validadas pela iniciativa Science Based Targets como de acordo com o acordo de Paris.


A abordagem circular de Zülpich também se estende além de suas próprias operações, para criar vínculos com as fábricas de papel Parenco e Roermond da Smurfit Kappa na Holanda. “Os rejeitos de Parenco e Roermond são uma valiosa fonte de combustível para a caldeira de Zülpich”, diz a companhia.


“A inauguração desta caldeira multicombustível de última geração é mais um exemplo de como, na Smurfit Kappa, a sustentabilidade faz parte do nosso DNA. O projeto mostra que a eficiência econômica e a sustentabilidade não são mutuamente exclusivas, mas podem caminhar juntas levando a fábrica em uma jornada muito positiva”, diz Pim Wareman, CEO do Cluster de Papel Reciclado da Smurfit Kappa.


“Estamos muito satisfeitos por ter esta nova caldeira de alto desempenho em funcionamento. Este investimento reforçou o nosso compromisso com um modelo de negócio circular. Ao transformar fluxos secundários do processo de fabricação de papel, como rejeitos e biogás, em vapor e eletricidade, estamos no caminho certo para atingir nossas metas de sustentabilidade”, acrescentou Andreas Zeitlinger, diretor administrativo da fábrica de papel de Zülpich.


Agora, a fábrica planeja uma série de ações para os próximos meses a fim de melhorar ainda mais seu desempenho em sustentabilidade.


Fonte: Tissue Online