Romeu Zema debate redução de emissões em painel da COP-26

Na segunda participação na 6ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas de 2021 (COP-26), dia 11/11, em Glasgow, na Escócia, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), debateu caminhos para “avançar em ações sustentáveis adotadas por cidades, comunidades e regiões”. Conforme nota encaminhada à imprensa, o chefe do Executivo mineiro “representou o Brasil” na discussão. “O governador destacou o empenho do Governo e da indústria para cumprir as metas da Race to Zero (Corrida para o Zero) - campanha global para reunir lideranças com objetivo de zerar emissões líquidas de gases de efeito estufa até 2050. Minas foi o primeiro estado da América Latina e do Caribe a aderir à iniciativa”, diz um trecho.


Foto: Governo de Minas/Divulgação


16/11/2021 - Na segunda participação na 6ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas de 2021 (COP-26), nesta quinta-feira (11), em Glasgow, na Escócia, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), debateu caminhos para “avançar em ações sustentáveis adotadas por cidades, comunidades e regiões”. Conforme nota encaminhada à imprensa, o chefe do Executivo mineiro “representou o Brasil” na discussão.


“O governador destacou o empenho do Governo e da indústria para cumprir as metas da Race to Zero (Corrida para o Zero) - campanha global para reunir lideranças com objetivo de zerar emissões líquidas de gases de efeito estufa até 2050. Minas foi o primeiro estado da América Latina e do Caribe a aderir à iniciativa”, diz um trecho.


“Minas Gerais está na área central do Brasil, tem 21 milhões de habitantes e tamanho equivalente ao da França. Somos um estado com atividades muito dinâmicas, como a mineração, setor em que lideramos as exportações nacionais. Além disso, também temos uma área agrícola muito forte. Se fossemos um país, seríamos, atualmente, o maior produtor de café do mundo. Temos uma grande preocupação de que os produtos que exportamos tenham um selo verde, que sejam produzidos com sustentabilidade”, declarou Zema na conferência.


O painel Cidades, Regiões e Espaços Organizados, em o qual Zema discursou, foi mediado pela CEO do World Green Building Council, Cristina Gamboa. O prefeito de Istambul, na Turquia, Ekrem İmamoğlu, também participou das discussões.


“Temos uma visão de longo prazo, queremos ser um estado sustentável, que preserve as suas riquezas, e também um estado competitivo. O mundo está caminhando para que todos os produtos vendidos tenham, necessariamente, um selo verde”, acrescentou Romeu Zema.


Fonte: O Tempo