top of page

Produção da indústria mineira registra crescimento em novembro de 2023

A produção industrial de Minas Gerais avançou 2,5% em novembro de 2023, frente a outubro – resultado superior ao do Brasil, que mostrou crescimento de 0,5%. A indústria de transformação cresceu 2,5% – recuperando-se da queda de 2,4% no mês anterior –, enquanto a indústria extrativa ficou estável. Dentre as 13 atividades pesquisadas, oito avançaram em novembro. As maiores influências¹ positivas foram dos setores de alimentos (17%), químicos (10%) e papel e celulose (9,4%).



Por: Gerência de Economia e Finanças Empresariais – FIEMG


16/01/2024 - A produção industrial de Minas Gerais avançou 2,5% em novembro de 2023, frente a outubro – resultado superior ao do Brasil, que mostrou crescimento de 0,5%. A indústria de transformação cresceu 2,5% – recuperando-se da queda de 2,4% no mês anterior –, enquanto a indústria extrativa ficou estável.


Dentre as 13 atividades pesquisadas, oito avançaram em novembro. As maiores influências¹ positivas foram dos setores de alimentos (17%), químicos (10%) e papel e celulose (9,4%). As principais influências negativas, por sua vez, foram registradas nos setores de derivados do petróleo e biocombustíveis (-6,7%) – que registrou a quarta queda seguida –, de metalurgia (-2,6%) e de veículos (-2,6%).


Ante novembro de 2022, a produção industrial cresceu 0,2%. Nessa base comparativa, enquanto a indústria extrativa cresceu 6,2%, a de transformação recuou 2%. Vale ressaltar que o mês de novembro teve o mesmo número de dias úteis em 2023 e em 2022 (20 dias).

No acumulado do ano, a indústria mineira cresceu 3,2%. Tanto o segmento extrativo (6,4%) quanto o de transformação (1,9%) contribuíram positivamente para esse resultado.

Nessa base de comparação, destacaram-se positivamente as atividades de borracha e plástico (14,5%), máquinas e equipamentos (11,1%) e produtos de metal (7,1%) – esta última puxada por fabricação de estruturas metálicas e obras de caldeiraria pesada. Por sua vez, as atividades de químicos (-11,4%) e de minerais não metálicos (-3,7%) recuaram.


Perspectivas

As expectativas para 2024 são de desempenho moderado da indústria mineira. Por um lado, as taxas de juros ainda elevadas devem seguir limitando o crescimento do setor. Por outro lado, o mercado de trabalho aquecido e a melhora das condições financeiras das famílias podem influenciar positivamente a demanda por bens industriais.


Fonte: IBGE


¹ Ponderado pelo peso das atividades na pesquisa.

bottom of page