top of page

Presidente da FIEMG participa de evento em Tóquio

Flávio Roscoe apresentou um panorama econômico de Minas Gerais e reforçou a atuação da FIEMG no fortalecimento do setor produtivo. Flávio Roscoe, presidente da Federação das Indústrias de Minas Gerais, participou da Plenária do Conselho Empresarial Brasil - Japão (Cebraj). O evento, que é uma realização do Comitê Econômico Japão-Brasil (Keidanren) e da Confederação Nacional da Indústria (CNI), aconteceu em Tóquio, no Japão, nos dias 13 e 14/9. O encontro também contou com as presenças de investidores japoneses, empresários brasileiros e representantes de entidades de classe.


Crédito: FIEMG

15/09/2022 - Flávio Roscoe, presidente da Federação das Indústrias de Minas Gerais, participou da Plenária do Conselho Empresarial Brasil - Japão (Cebraj). O evento, que é uma realização do Comitê Econômico Japão-Brasil (Keidanren) e da Confederação Nacional da Indústria (CNI), aconteceu em Tóquio, no Japão, nos dias 13 e 14/9. O encontro também contou com as presenças de investidores japoneses, empresários brasileiros e representantes de entidades de classe.


Em sua apresentação, Roscoe fez um panorama econômico de Minas Gerais e reforçou a atuação da FIEMG no fortalecimento do setor produtivo e melhoria do ambiente de negócios do estado. “Minas Gerais está bem localizada, em uma área central entre as economias mais importantes do Brasil, como São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás, Distrito Federal, Bahia e Espírito Santo”, disse o líder empresarial, esclarecendo que 12% dos empregos industriais do Brasil está no estado mineiro. “Nossa economia é bastante diversificada, se destacando nos setores de agronegócio, mineração, automotivo, metalurgia, geração de energia e tecnologia da informação", ressaltou.


O Japão é um mercado estratégico para Minas Gerais, além de possuir um relacionamento histórico com de investimentos no estado. O comércio entre Minas Gerais e Japão aumentou 37.4% de 2020 a 2021 em dólares. Os produtos de maior destaque na exportação de Minas para o Japão são: minério de ferro, café, ferro ligas, pastas químicas de madeira, silicone, soja, metais comuns, carne de aves e ferro gusa.


Crédito: FIEMG


Além da agenda do Cebraj, Flávio Roscoe e Ronaldo Barquette, diretor da Invest Minas, representando o Governo de Minas Gerais, também participam de agendas estratégicas com empresas relevantes para o estado, com foco em atração de investimentos nos setores de eletroeletrônicos, médico hospitalares e energias renováveis. Destaque para o encontro com o MUFG (Banco de Tóquio), que possui um acordo de cooperação com Minas Gerais desde 2015. Uma das diversas ações decorrentes destas agendas será a apresentação sobre o potencial de Minas Gerais como destino de investimento japonês para os principais clientes do Banco.


Denise Lucas

Imprensa FIEMG


Fonte: FIEMG

コメント


bottom of page