Preços da celulose vão se sustentar com estoques apertados até 3º trimestre

Os estoques do mercado de celulose devem ficar apertados pelo menos até o terceiro trimestre de 2021, afirmou a Ágora Investimentos, em relatório divulgado nesta segunda-feira (15). Analistas do Bradesco BBI realizaram na semana passada um estudo sobre a produção e o consumo de papel na Ásia. Para produtores de papel e celulose, traders, consultores e macroeconomistas, o mercado está em um estágio saudável na China, com fatores como atividade industrial, e-commerce, eventos públicos e materiais escolares sustentando a demanda.


Diana Cheng.



18/03/2021 - Os estoques do mercado de celulose devem ficar apertados pelo menos até o terceiro trimestre de 2021, afirmou a Ágora Investimentos, em relatório divulgado nesta segunda-feira (15).


Analistas do Bradesco BBI realizaram na semana passada um estudo sobre a produção e o consumo de papel na Ásia. Para produtores de papel e celulose, traders, consultores e macroeconomistas, o mercado está em um estágio saudável na China, com fatores como atividade industrial, e-commerce, eventos públicos e materiais escolares sustentando a demanda.


Segundo a Ágora, o cartão Ivory continua sendo o mercado mais aquecido. Os produtores de papel gráfico também estão conseguindo aumentar os preços, enquanto os produtores de tecidos sofrem com o repasse mais lento.


A Ágora destacou que os fabricantes de papel de pequeno/médio porte estão operando com baixos níveis de estoque de celulose, enquanto os estoques dos grandes fabricantes de papel podem entrar em uma situação mais apertada no segundo trimestre.


Dessa forma, os preços da celulose devem continuar em patamares elevados ao longo do ano, para recuar em 2022 com a entrada em operação de novas capacidades.


Os produtores de celulose de fibra longa anunciaram preços de US$ 980 a US$ 1 mil a tonelada na China. A Ágora acredita que os produtores de celulose de fibra curta vão acompanhar o movimento, com preços a US$ 780-800/tonelada para abril.


A Suzano (SUZB3) continua sendo a principal escolha da corretora no setor, seguida por Klabin (KLBN11). A corretora tem recomendação de compra para ambas as empresas.


Fonte: Money Times

EMPRESAS  ASSOCIADAS

SINPAPEL

SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DE CELULOSE, PAPEL E PAPELÃO NO ESTADO DE MINAS GERAIS

Rua Bernardo Guimarães, 63 - 3º andar

CEP: 30140-080 | Belo Horizonte - MG

sinpapel@fiemg.com.br

Tel: +51 (31) 3282 7455

© Copyright 2020 SINPAPEL. Todos os direitos reservados. Web Designer Ricardo Sodré