top of page

Indústria de embalagem contribui para o setor de processamento de proteína animal e vegetal

Em sua quarta edição, a ExpoMeat, feira internacional para a indústria de processamento de proteína animal e vegetal, entre outras indústrias que orbitam o setor de processamento, aconteceu em março de 2023, no Anhembi, em São Paulo. Expositores de máquinas, embalagens, aditivos, esteiras transportadoras, refrigeração, higienização, transporte, monitoramento de cargas, rastreabilidade, softwares, soluções de geração de energia, tratamentos de efluentes, logística e acessórios.



29/06/2023 - Em sua quarta edição, a ExpoMeat, feira internacional para a indústria de processamento de proteína animal e vegetal, entre outras indústrias que orbitam o setor de processamento, aconteceu em março de 2023, no Anhembi, em São Paulo.


Expositores de máquinas, embalagens, aditivos, esteiras transportadoras, refrigeração, higienização, transporte, monitoramento de cargas, rastreabilidade, softwares, soluções de geração de energia, tratamentos de efluentes, logística e acessórios marcaram presença e atraíram atenção dos envolvidos com a gestão fabril, “para que a atualização dos seus espaços de produção aconteça no menor tempo possível e com a melhor tecnologia disponível, gerando assim maior competitividade”, segundo a administração da feira.


Um dos participantes do evento foi a Klabin, associada Empapel, que apresentou algumas embalagens para esse mercado, com barreiras e diferentes tamanhos para atender as necessidades desse setor. A empresa também trouxe novidades em relação a impressão das embalagens com qualidade incontestável.


Também participou a Plasmetal, fornecedora da Klabin. A empresa catarinense, de Chapecó, desenvolve há mais de 20 anos equipamentos industriais para áreas frigoríficas e setores de embalagens, abrangendo a montagem de caixas de papelão, encaixotamento de produtos e paletização de forma automática.


A Empapel News esteve presente e conversou o diretor-executivo da Plasmetal, Orly Bernades (foto que ilustra o artigo). O executivo disse que a empresa trabalha para “sempre reduzir o consumo final da matéria-prima pelo cliente, com máquinas específicas”.


“Assumimos um compromisso, através do desenvolvimento de tecnologias ecologicamente corretas, adotando ações que visam o melhor aproveitamento de matéria-prima, com medidas que previnem o desperdício e a degradação dos meios sustentáveis. Desse modo todos ganham”, afirma o executivo.


Além disso, quando uma empresa tem a necessidade de desenvolver uma embalagem diferente, a Plasmetal entra no processo com as máquinas para que o projeto possa ser realizado. “Hoje, nada é impossível, com a tecnologia disponível; nós atendemos além das especialidades e trabalhamos além de produtos, com soluções”, afirma.


Setores tão exigentes e complexos como o de proteína animal e vegetal demandam cada vez mais soluções. É preciso unir tecnologia, desenvolvimento, sustentabilidade e eficiência. Feiras como a Expomeat são essenciais para unir essas forças.


Fonte: EMPAPEL


Comments


bottom of page