top of page

Indústria apresenta aumento da confiança em dezembro

Cenário foi constatado pelo Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI), que avançou de 50,4 para 51 pontos em relação a novembro. Após dois meses de queda e estabilidade em novembro, o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) mostrou um avanço da confiança em dezembro, com aumento de 50,4 pontos para 51 pontos percentuais. Segundo a pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), esse avanço do ICEI em dezembro foi causado sobretudo por uma avaliação menos negativa das condições atuais da economia brasileira e das empresas.



12/12/2023 - Após dois meses de queda e estabilidade em novembro, o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) mostrou um avanço da confiança em dezembro, com aumento de 50,4 pontos para 51 pontos percentuais. Segundo a pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), esse avanço do ICEI em dezembro foi causado sobretudo por uma avaliação menos negativa das condições atuais da economia brasileira e das empresas.


O indicador varia de 0 a 100. Valores acima de 50 pontos indicam confiança do empresário e quanto mais acima de 50 pontos, maior e mais disseminada é a confiança. Foram consultadas 1.356 indústrias brasileiras, entre os dias 1 e 7 de dezembro.


“Dizemos que a avaliação é menos negativa porque o componente de condições atuais permanece abaixo dos 50 pontos, região que indica piora, mas a avaliação era ainda mais crítica em novembro. Já as expectativas permaneceram estáveis, indicando uma leitura otimista para os próximos meses”, mostra o relatório.

A economista da CNI, Larissa Nocko, explica ainda que o indicador oscilou ao longo do ano, mas nunca acima da média histórica (54 pontos). Veja, a seguir, a análise que a economista fez sobre o indicador:


Sim, nós somos multimídia!

O Banco de Mídia da Indústria traz sonoras de porta-vozes, imagens em vídeo e fotos, e infográficos sobre os temas das pesquisas e de diversos assuntos de interesse da indústria. O acesso é gratuito, basta fazer uma breve inscrição.


Fonte: CNI

bottom of page