top of page

Expedição de papelão ondulado cresce em outubro

O Índice Brasileiro de Papelão Ondulado (IBPO) subiu 1,4% em outubro na comparação com o mesmo mês do ano anterior, para 153,4 pontos (2005=100). Em termos de volume, a expedição de caixas, acessórios e chapas de papelão ondulado alcançou de 344 448 toneladas no mês. A prévia dos números foi divulgada pela Empapel – Associação Brasileira de Embalagens de Papel. O resultado é o segundo maior para os meses de outubro, estando ligeiramente acima do volume expedido em outubro de 2019.



17/11/2022 - O Índice Brasileiro de Papelão Ondulado (IBPO) subiu 1,4% em outubro na comparação com o mesmo mês do ano anterior, para 153,4 pontos (2005=100). Em termos de volume, a expedição de caixas, acessórios e chapas de papelão ondulado alcançou de 344 448 toneladas no mês. A prévia dos números foi divulgada pela Empapel – Associação Brasileira de Embalagens de Papel.



O resultado é o segundo maior para os meses de outubro, estando ligeiramente acima do volume expedido em outubro de 2019. O resultado positivo ocorre mesmo em meio às manifestações nas estradas e as dificuldades impostas ao transporte de produtos.


O volume de expedição por dia útil foi de 13 778 toneladas, alta de 1,4% na comparação com outubro de 2021.


A prévia de outubro, livre de dados sazonais, sinaliza a terceira queda seguida do IBPO, agora de 2,7%, para 147,4 pontos, menor nível desde maio de 2022 (147 pontos). O volume expedido de papelão ondulado foi de 330 244 toneladas. A expedição por dia útil nos dados sazonalmente ajustados foi de 13 210 t, 2,7% inferior ao mês passado.



Fonte: Embalagem Marca


bottom of page