Dia Internacional da Mulher: mulheres são fundamentais na preservação do meio ambiente

25% do carbono estocado na vegetação do planeta estão em florestas em que mulheres atuam. Comunidades onde mulheres atuam possuem as florestas mais preservadas do mundo, afirma estudo realizado pela Right and Resouces Initiative (RRI), que reúne 150 organizações no mundo dedicadas a preservação de florestas e aos direitos dos povos indígenas e comunidades locais. Segundo o levantamento, cerca de 25% de todo carbono estocado na vegetação do planeta estão nesses territórios.



09/03/2021 - Comunidades onde mulheres atuam possuem as florestas mais preservadas do mundo, afirma estudo realizado pela Right and Resouces Initiative (RRI), que reúne 150 organizações no mundo dedicadas a preservação de florestas e aos direitos dos povos indígenas e comunidades locais. Segundo o levantamento, cerca de 25% de todo carbono estocado na vegetação do planeta estão nesses territórios.


A Declaração do Rio sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, de 1992, já destacava, no princípio 20, que o desempenho das mulheres tem papel fundamental na proteção do meio ambiente e sua plena participação é imprescindível para conseguir o desenvolvimento sustentável.


No mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, é importante mostrar o engajamento das mulheres na busca pela produção sustentável e preservação ambiental. Um exemplo é a atuação da economista e CEO do grupo BMV (Brasil Mata Viva), Maria Tereza Umbelino, que criou uma metodologia considerada modelo de conservação de florestas.


Nascida em uma família de produtores rurais em Goiânia (GO), Maria Tereza cursou economia e se especializou em consultoria financeira e desenvolvimento de negócios. Após realizar estudos, buscou por metodologias que contemplassem a preservação das áreas existentes e percebeu que nenhuma metodologia disponível era capaz de compreender e resolver a situação brasileira devido às especificidades jurídicas e institucionais do país.


Em 2007, Maria Tereza fundou o Programa Brasil Mata Viva, com a missão de gerar e desenvolver soluções em sustentabilidade para atender a realidade do Brasil e poder ser aplicado em outras partes do mundo. “É um programa inovador e inédito, que permite a remuneração dos produtores rurais e de todos os agentes atuantes na rede colaborativa de proteção às florestas e demais biomas com sua biodiversidade”, explica. Atualmente, o BMV conta com 5.486.842.105,26 m² de área de vegetação preservada, aproximadamente 768.465 campos de futebol.


A metodologia criada pelo BMV tem como base o PSA (Pagamentos por Serviços Ambientais), que gera como produto o Crédito de Floresta. De um lado, o produtor rural, do outro, empresas que querem contribuir com a preservação ambiental. Com isso, os dois lados assumem o compromisso de preservação, gerando os créditos, que são adquiridos por essas empresas ou pessoas.


“Acredito que podemos melhorar nosso modo de interagir com o mundo e como participamos de seus ciclos e dinâmicas. Não somos capazes de controlar o futuro – nem de alterar o passado, efetivamente, mas podemos fazer as melhores escolhas no presente. Nisso, a conservação dos biomas do mundo, entre eles as tropicais como a Amazônia, é fundamental”, afirma Maria Tereza.


Um estudo desenvolvido pela economista para o Programa das Nações Unidas para Desenvolvimento (PNUD-ONU), em 2009, sobre a questão ambiental, atrelada com o endividamento da propriedade rural, comprovou que a conservação da floresta é um custo que o proprietário rural arca e esta é a causa da pressão econômica exercida sobre o ambiente natural. “É preciso olhar para o ambiente saudável, como as florestas e geleiras, como riquezas potenciais estocadas e como produtor dos bens intangíveis de que nossas vidas dependem. Nesta ótica, o homem é guardião das riquezas que protege. Não renuncia a elas, mas trata de outro modo”, salienta.


Fonte: Celulose Online

EMPRESAS  ASSOCIADAS

SINPAPEL

SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DE CELULOSE, PAPEL E PAPELÃO NO ESTADO DE MINAS GERAIS

Rua Bernardo Guimarães, 63 - 3º andar

CEP: 30140-080 | Belo Horizonte - MG

sinpapel@fiemg.com.br

Tel: +51 (31) 3282 7455

© Copyright 2020 SINPAPEL. Todos os direitos reservados. Web Designer Ricardo Sodré