Consumo de celulose deve continuar se desacelerando

Segundo avaliação do UBS, os embarques de celulose para a China deverão recuar 1% no segundo trimestre, na comparação anual, frente ao crescimento de 21% na mesma base visto nos três primeiros meses do ano. O consumo de fibra deverá continuar mostrando desaceleração em julho, analisa o banco, que desenvolveu um modelo quantitativo para projetar os embarques de fibra para a China em três ou quatro meses à frente. Analistas afirmam que a expectativa é a de que a demanda adicional de celulose na China recue dos níveis elevados vistos em abril.



16/06/2020 - Segundo avaliação do UBS, os embarques de celulose para a China deverão recuar 1% no segundo trimestre, na comparação anual, frente ao crescimento de 21% na mesma base visto nos três primeiros meses do ano. O consumo de fibra deverá continuar mostrando desaceleração em julho, analisa o banco, que desenvolveu um modelo quantitativo para projetar os embarques de fibra para a China em três ou quatro meses à frente.

Em relatório divulgado nessa segunda-feira, 15, os analistas Cadu Schmidt, Andreas Bokkenheuser, Mikael Doepel, Wenzhuo Du, Cleve Rueckert e Khalid McCaskill afirmam que a expectativa é a de que a demanda adicional de celulose na China recue dos níveis elevados vistos em abril, uma vez que o movimento de recomposição dos estoques no país asiático vem perdendo força.

Entre abril e junho, os embarques de fibra para a China deverão alcançar uma média de 1,99 milhão de toneladas por mês, estável na comparação com o primeiro trimestre, conforme o “China Pulp Shipment Projector”.

De acordo com os analistas, o desequilíbrio entre oferta e demanda no mercado global de celulose persiste e o risco de queda dos preços é alto, o que só não deve ocorrer se houver cortes significativos na oferta.

Esse desequilíbrio reflete o adiamento de paradas para manutenção por causa da pandemia de Covid-19 e maior disponibilidade de fibra no mercado. Ao mesmo tempo, o choque de demanda provocado pela pandemia deve manter a volatilidade no curto prazo.

Fonte: Tissue Online

EMPRESAS  ASSOCIADAS

SINPAPEL

SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DE CELULOSE, PAPEL E PAPELÃO NO ESTADO DE MINAS GERAIS

Rua Bernardo Guimarães, 63 - 3º andar

CEP: 30140-080 | Belo Horizonte - MG

sinpapel@fiemg.com.br

Tel: +51 (31) 3282 7455

© Copyright 2020 SINPAPEL. Todos os direitos reservados. Web Designer Ricardo Sodré