top of page

Confiança da indústria fica estável em novembro, avalia CNI

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) mostra que a indústria segue confiante, com o indicador acima da linha divisória de 50 pontos. A variação foi de -0,1 ponto percentual em relação a outubro, o que representa estabilidade no indicador, após dois meses de queda. O índice de Confederação Nacional da Indústria (CNI) varia de 0 a 100, com linha de corte em 50 pontos, dados abaixo desse valor representam falta de confiança e, acima, mostram confiança.



14/11/2023 - O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) ficou em 50,4 pontos em novembro. A variação foi de -0,1 ponto percentual em relação a outubro, o que representa estabilidade no indicador, após dois meses de queda. O índice de Confederação Nacional da Indústria (CNI) varia de 0 a 100, com linha de corte em 50 pontos, dados abaixo desse valor representam falta de confiança e, acima, mostram confiança. Foram entrevistadas 1.468 empresas, entre 1º e 9 de novembro de 2023.


A pesquisa aponta que não houve alteração significativa dos componentes do índice de confiança em novembro. O Índice de Condições Atuais variou subiu 0,1 ponto para 45,7 pontos. Ao permanecer abaixo da linha divisória de 50 pontos, o indicador representa percepção de piora das condições atuais da economia brasileira e das empresas em relação aos últimos seis meses.


O Índice de Expectativas variou -0,2 ponto, de 53,0 pontos para 52,8 pontos, e indica otimismo da indústria para os próximos seis meses.


Fonte: CNI

bottom of page