CNI realiza Live para debater sobre o impacto econômico dos investimentos de reúso de efluentes

Reúso de efluentes sanitários é fonte hídrica para a produção. A CNI defende a diversificação das fontes hídricas como resposta sustentável à crescente demanda por água para o desenvolvimento de atividades produtivas.



06/10/2020 - A Confederação Nacional da Indústria (CNI) defende a diversificação das fontes hídricas como resposta sustentável à crescente demanda por água para o desenvolvimento de atividades produtivas. Dentre as alternativas possíveis para produção de água no Brasil, o reúso de esgoto tratado tem se mostrado o mais viável tecnicamente, além de potencialente capaz de gerar emprego, receita pública e retorno financeiro para investidores no país.

Estudo realizado pela CNI mostra que seria necessário um aporte R$ 1,89 bilhão em máquinas e em infraestrutura para tornar o reúso uma realidade para as indústrias brasileiras. O investimento seria convertido em R$ 5,9 bilhões de crescimento econômico. Que, em outra perspectiva, representam a geração 96 mil empregos e R$ 464 milhões em arrecadação de impostos.

Durante o Webinar Reúso de Efluentes Sanitários, autoridades dos Poderes Legislativo e Executivo debateram com representantes do setor produtivo sobre o acesso sustentável à água e o desenvolvimento socioeconômico brasileiro.

ASSISTA A LIVE SOBRE REÚSO DE EFLUENTES SANITÁRIOS REALIZADA NO DIA 02/10/2020

Fonte: CNI

EMPRESAS  ASSOCIADAS

SINPAPEL

SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DE CELULOSE, PAPEL E PAPELÃO NO ESTADO DE MINAS GERAIS

Rua Bernardo Guimarães, 63 - 3º andar

CEP: 30140-080 | Belo Horizonte - MG

sinpapel@fiemg.com.br

Tel: +51 (31) 3282 7455

© Copyright 2020 SINPAPEL. Todos os direitos reservados. Web Designer Ricardo Sodré