Exportações do setor florestal representam 14,6% do agronegócio

A indústria de base florestal foi responsável pela movimentação de US$ 901 milhões em exportações, no mês de janeiro, segundo o Cenários Ibá. Celulose, painéis de madeira e papel apresentaram evolução, contribuindo para uma alta de 17,8% em comparação com o mesmo período do ano anterior. Com esse desempenho, o setor respondeu por 14,6% dos valores exportados pelas empresas brasileiras do agronegócio e 5,3% do total comercializado com o mercado externo de todas as empresas brasileiras.




13/03/2018 - A indústria de base florestal foi responsável pela movimentação de US$ 901 milhões em exportações, no mês de janeiro, segundo o Cenários Ibá.
 
 
Celulose, painéis de madeira e papel apresentaram evolução, contribuindo para uma alta de 17,8% em comparação com o mesmo período do ano anterior.
 
 
Com esse desempenho, o setor respondeu por 14,6% dos valores exportados pelas empresas brasileiras do agronegócio e 5,3% do total comercializado com o mercado externo de todas as empresas brasileiras.
 
 
O saldo da balança comercial cresceu 17,5%, alcançando o valor de US$ 807 milhões.
 
 
A China se manteve como principal compradora da celulose brasileira em janeiro, respondendo por 47,3% das exportações.
 
 
Para os painéis, a América Latina é o destaque, representando mais da metade de todo o volume exportado pelo país, o que significa US$12 milhões, avanço de 9,1% em relação a janeiro de 2017.
 
 
Em papéis, a América Latina cresceu 14,3% das exportações, somando US$ 112 milhões.
 
 
Papel é o tema do novo vídeo Frutos da Floresta 
 
A Ibá apresentou o novo vídeo da série Frutos da Floresta, agora destacando o papel.
 
 
O episódio fala sobre a produção de papel moeda, embalagens, copos térmicos, caixas e cartões, todos feitos no Brasil, com origem em matéria-prima de florestas plantadas.
 
 
Confira!
 
 
Da redação
 
 
Fonte: Celulose Online