NOTÍCIAS

Lidl deixa de vender sacos de plástico no mercado espanhol

O Lidl vai deixar de vender sacos de plástico no mercado espanhol. O diretor-geral do Lidl Espanha, Claus Grande, anunciou esta terça-feira que se trata de “um marco na distribuição espanhola”. A cadeia alemã de distribuição vai apostar na utilização de sacos de ráfia, vendidos a um preço de 50 cêntimos, e dois tipos de sacos de papel, vendidos a sete e a quinze cêntimos.

Leia Mais

“A celulose foi o grande destaque”: exportações do agro alcançam US$ 9,97 bilhões em maio

As exportações brasileiras de produtos do agronegócio atingiram US$ 9,97bi em maio, 3% acima do valor registrado em igual mês do ano passado. O aumento é atribuído à elevação de 1,3% no índice de preço e de 2% na quantidade. Para meses de maio, foi o terceiro maior valor da série histórica iniciada em 1997.

Leia Mais

Itaú BBA revisa projeções para Klabin, Suzano e Fibria

O Itaú BBA revisou as projeções para o setor de papel e celulose e manteve a visão positiva para o setor, apoiada por preços de celulose mais altos (mais uma vez ajudados por interrupções na oferta) e previsões para o real mais fracas. O analista Marcos Assumpção ampliou o preço-alvo para as ações da Suzano (SUZB3), as preferidas no segmento, de R$ 45 para R$ 57.

Leia Mais

McDonald´s vai substituir canudo de plástico por papel

O McDonald’s substituirá os canudos de plástico por de papel em todos os seus restaurantes no Reino Unido e na Irlanda, a partir de setembro, informou a BBC. “Refletindo o debate público mais amplo, nossos clientes nos disseram que queriam uma mudança em relação aos canudos”, divulgou o jornal citando o McDonald’s. o governo britânico propôs a proibição de canudos e cotonetes de plástico na Inglaterra.

Leia Mais

Temer e Maggi anunciam R$ 194,3 bi para Plano Agrícola e Pecuário

Com redução de 1,5 ponto percentual nas taxas de juros do crédito rural, o presidente Michel Temer anunciou, nesta quarta-feira, no Palácio do Planalto, junto com o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, R$ 194,37 bilhões para financiar e apoiar a comercialização da produção agropecuária brasileira. Os recursos do Plano Agrícola e Pecuário (PAP) 2018/2019 poderão ser acessados pelos agricultores entre 1º de julho deste ano e 30 de junho de 2019. o montante, são destinados R$ 151,1 bilhões para o crédito de custeio.

Leia Mais

Produtoras esperam normalização para subir preço da celulose

A greve dos caminhoneiros deve levar a prejuízos maiores do que só a perda da produção das empresas de papel e celulose. De acordo com o jornal Valor Econômico, o foco das companhias no momento é normalizar as entregas, para depois realizar os reajustes no preço da celulose. No começo do pregão desta segunda-feira as ações da Suzano operam em alta de 2,17% a R$ 45,70, enquanto Fibria está perto da estabilidade, com ganhos de 0,04% a R$ 71,56. Já para Klabin, o dia começa com queda de 0,54% a R$ 20,45.

Leia Mais

Resultado Financeiro dos Produtores de Celulose e Papel do Brasil

A CONSUFOR disponibiliza mensalmente uma análise variada da conjuntura setorial do setor de base florestal, com ênfase no segmento de celulose e papel. Neste mês em específico, estamos trazendo ao leitor uma análise dos resultados financeiros das maiores empresas brasileiras do segmento. A CONSUFOR optou por incluir nas análises apenas as três maiores empresas que negociam papéis na Bolsa de Valores: Klabin, Fibria e Suzano. Das três, a Klabin apresenta a maior diversidade no portfólio de produtos.

Leia Mais

Campanha contra uso dos canudos de plástico

Campanha gera consciência sobre se realmente necessitamos utilizar os canudinhos de plástico. O utensílio representa um 4% do lixo plástico em todo o mundo. Os pequenos e simpáticos canudinhos que alguns bares, restaurantes e festas usam nos copos de sucos, refrigerantes e coquetéis podem ser muito danosos ao meio ambiente. Geralmente, o utensílio de plástico não é biodegradável e tem uma vida útil muito curta. Esse pequeno uso pode, entretanto, representar centos de anos como resíduo para o meio ambiente.

Leia Mais

OIT conclui que reforma trabalhista não viola sua Convenção nº 98

Após dois dias de discussões sobre o caso, em Genebra, Comissão de Aplicação de Normas do órgão não confirma as alegações de que regras para a negociação coletiva dão margem para redução ou supressão de direitos. A reforma trabalhista não viola os preceitos da Convenção nº 98 da OIT ao estimular a negociação livre e espontânea de convenções e acordos coletivos. Em suas conclusões a Comissão de Aplicação de Normas da entidade não apontou qualquer incompatibilidade da nova legislação.

Leia Mais

FIEMG repudia frete mínimo para o transporte de cargas

Presidente Flávio Roscoe afirma que decisão do governo federal vai aumentar os preços para o consumidor. Indústria mineira repudia MP do Frete Mínimo. A Federação das Indústrias de Minas Gerais – FIEMG – repudia enfaticamente a decisão do governo federal de instituir a Politica de Preços Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas para atender exigências dos caminhoneiros em greve. Criada por meio da Medida Provisória 832/2018 a medida impõe graves prejuízos à população.

Leia Mais

Greve dos caminhoneiros teve impacto de R$ 15 bi na economia, diz Fazenda

A equipe econômica estima que o impacto da greve dos caminhoneiros custou ao país R$ 15 bilhões, ou 0,2% do PIB. De acordo com o Ministério da Fazenda, o número foi discutido na segunda-feira, 11, em reunião com o ministro Eduardo Guardia e economistas do setor privado, em São Paulo. Na segunda, Guardia admitiu que o governo poderá rever para baixo a previsão oficial para o crescimento da economia neste ano, que está em 2,5%.

Leia Mais

CNI defende mudanças regulatórias no setor elétrico para diminuição no preço da energia

Perspectiva é que haja queda nas tarifas a partir de 2020, caso sejam incorporadas propostas como a redução de encargos setoriais e da duração dos contratos de energia. O sistema elétrico brasileiro, que já foi considerado um dos mais eficientes do mundo, precisa com urgência de mudanças regulatórias e normativas para que a energia elétrica volte a ser uma vantagem competitiva para a economia do país.

Leia Mais

5 práticas para a economia da água branca nas fábricas de Tissue

Todas as empresas de papel do mundo querem melhorar a economia de água branca nas fábricas de Tissue. Um projeto para otimizar isso resulta em economias que podem chegar a 300 mil dólares no ano. O que dá 378 litros por minuto de água fresca reduzida todos os dias. Abaixo separamos 5 práticas que precisam ser adotadas pelas empresas que buscam essa economia de água e de dinheiro.

Leia Mais

Segunda fábrica da Fibria conclui curva de aprendizagem

A segunda linha de produção de celulose da Fibria em Três Lagoas (MS) concluiu sua curva de aprendizagem. Isso significa que, nos últimos 30 dias, a mais nova fábrica da empresa produziu a média de sua capacidade nominal. Tudo isso há menos de nove meses desde a partida da fábrica, que ocorreu no segundo semestre do ano passado. Considerando o tamanho e a complexidade da nova linha.

Leia Mais

Indicador Antecedente de Emprego recua 2,5 pontos em maio ante abril, diz FGV

O Indicador Antecedente de Emprego recuou 2,5 ponto em maio ante abril, para 101,1 pontos, informou a FGV. O resultado representa a terceira queda consecutiva, movimento que não ocorria desde o início de 2015. Pela métrica de médias móveis trimestrais, o indicador também apresenta tendência de redução, com recuo de 2,9 pontos em relação ao mês anterior.

Leia Mais

Indústria mineira é referência em sustentabilidade

Semana de Produção e Consumo Sustentáveis discutem papel do setor no desenvolvimento do estado. A indústria mineira já se adequou às necessidades de cuidar e de agir em prol do meio ambiente, chegando quase ao estado da arte na questão da sustentabilidade, na opinião do presidente da FIEMG, que abriu a Semana de Produção e Consumo Sustentável 2018, promovida pela entidade. O evento vai colocar em palco discussões sobre o papel da indústria no desenvolvimento sustentável de Minas.

Leia Mais

Com impactos da greve dos caminhoneiros, produção na indústria de base florestal só deve ser normalizada em um mês

A Ibá informa que a maioria das plantas de celulose do setor foi obrigada a parar sua operação por alguns dias em decorrência da greve dos caminhoneiros. Segundo dados da consultoria especializada em celulose e papel, Hawkins Wright, os 10 dias de paralisações devem ter gerado um déficit de produção de celulose da ordem de 280 mil toneladas.

Leia Mais

Estados Unidos aprovam a maior empresa de celulose do mundo no Brasil

A união das operações entre Fibria e Suzano (que forma a maior empresa de celulose do mundo) foi anunciada em março e agora essa fusão foi aprovada também pela autoridade de defesa da concorrência nos Estados Unidos. A consumação da referida operação está ainda sujeita ao cumprimento de outras condições precedentes usuais para este tipo de operação, incluindo a aprovação por autoridades”.

Leia Mais

FIEMG revisa para baixo crescimento da indústria mineira

Em abril, o faturamento voltou a cair, após crescer 5,5% em março. A FIEMG reviu para baixo a estimativa de produção física da indústria de MG de 3,3% para -1,5, em 2018. Segundo o superintendente de Ambiente de Negócios da FIEMG, “a recuperação ainda é bastante oscilante e a projeção de queda na produção de 2018 é explicada pelo mau desempenho da indústria extrativa”. Os dados são da Pesquisa Indicadores Industriais (INDEX), divulgada pela FIEMG.

Leia Mais

Dia Mundial do Meio Ambiente

Veja a homenagen do SINPAPEL pelo Dia Internacional do Meio Ambiente. Semear - cultivar - conscientizar - preservar - sustentar - reciclar - reaproveitar - vida.

Leia Mais