Klabin está pronta para decolar, diz Itaú BBA

A Klabin (KLBN11) está “pronta para decolar”, assim descreve o Itaú BBAem uma análise realizada após a equipe de análise participar do evento para investidores da empresa em São Paulo, onde a administração apresentou pontos de vista positivos sobre as perspectivas para a empresa e para suas linhas de negócio. O analista Marcos Assumpção afirma que a Klabin detalhou as estratégias para seu negócio de celulose e para a expansão de seu negócio de papéis.




06/12/2018 - A Klabin (KLBN11) está “pronta para decolar”, assim descreve o Itaú BBAem uma análise realizada após a equipe de análise participar do evento para investidores da empresa em São Paulo, onde a administração apresentou pontos de vista positivos sobre as perspectivas para a empresa e para suas linhas de negócio.


O analista Marcos Assumpção afirma que a Klabin detalhou as estratégias para seu negócio de celulose e para a expansão de seu negócio de papéis, que provavelmente será anunciada no primeiro trimestre de 2019 como resultado de sua forte desalavancagem.


Além disso, ele vê geração de valor para a companhia pelo termino antecipado do contrato de comercialização de celulose com a Fibria(FIBR3). Assumpção destaca que a desalavancagem permitiu o crescimento orgânico, e que as visões são positivas para a produção de kraftliner e papel cartão, com tendências globais para minimizar o consumo de embalagens de plástico.


A recomendação segue em outperform (desempenho acima da média do mercado) e o preço justo em R$ 25,00 para o final de 2018.


Fonte: Celulose Online (MoneyTimes)